FLAUTAS EXPERIMENTAIS


Os instrumentos contidos nesta página são produções experimentais desenvolvidas pelos irmãos Daniel e Fábio Menighin.
Alguns modelos podem ser feitos sob encomenda, solicite orçamento enviando mensagem para:
kaypora@hotmail.com 

Flauta Dupla
Embora as flautas duplas sejam instrumentos comuns no mundo das flautas étnicas, o modelo a seguir apresenta algumas peculiaridades em suas propriedades musicais. Sua extensão sonora abrange 2 oitavas, o que é algo inovador para esse tipo de flauta. A configuração paralela dos tubos se assemelha à alguns exemplares étnicos encontrados na  Europa e Oriente Médio, em que se digita sobre ambos os tubos simultaneamente com cada dedo. A novidade no caso, é a possibilidade de executar melodias em blocos de 3ªs diatônicas (armadura de Am / C) em toda sua tessitura. O instrumento tem sido desenvolvido ao longo de 2 anos mas ainda não recebeu um nome exclusivo, o modelo abaixo foi feito de bambu. 


  






Aeromembranofone
O instrumento lembra uma gaita de fole, porém com a sonoridade mais grave. É feito a partir de tubos e conexões de PVC, mangueira de plástico, sacola de supermercado, funil e outros artigos de utilidade doméstica. No momento não está disponível para encomendas mas é interessante e divertido, confira:
 


Trinquilho
O Trinquilho é uma flauta  tripla de bambu com sonoridade harmônica. Cada tubo segue o padrão das flautas de sobretons e por isso são capazes de emitir uma escala completa no âmbito de uma oitava com somente 3 orifícios para digitação, cada.  
Os orifícios dos dois tubos menores são tapados simultaneamente pelos dedos da mão esquerda e o tubo maior digitado pela mão direita. A  configuração  da flauta permite a produção de tríades diatônicas (com a 5ª no baixo) na tessitura de uma oitava em cada tubo. 











Flauta de Membrana
Instrumento experimental cujo mecanismo sonoro é composto por uma membrana de sacola plástica.
Apesar de ser mencionado como uma flauta, sua sonoridade se assemelha aos instrumentos de palheta como o clarinete, por exemplo.    






Pinkillado

 Pinkillado é uma flauta dupla criada por Daniel Menighin feita de bambu e cabaça. Os modelos atuais são acoplados em uma cabaça que funciona como bocal.
Este instrumento consiste na combinação de duas flautas de harmônicos com três orifícios cada, 
 dispostas entre si normalmente em intervalos de 4ªs ou 5ªs justas. Cada flauta alcança a tessitura de uma oitava e, executadas juntas, com a mesma movimentação dos dedos em cada mão, produz uma textura peculiar, com movimento harmônico paralelo.   
Sua sonoridade nos remete ao som das 
Pinkilladas andinas, daí a origem do nome. 
Um segundo modelo de Pinkillado apresenta a disposição harmônica em intervalos de 3ªs diatônicas, 
seu sistema de produção sonora permite o alcance de uma oitava
em ambos os tubos.
Venda sob encomenda, entregamos em todo Brasil.
Afinação eletrônica, acbamento customizado.
R$ 250,00 + despesas de envio.











Flauta Dupla Oitavada
Esta flauta foi desenvolvida por Daniel Menighin. Com apenas 4 orifícios em cada tubo é possível alcançar praticamente todas as notas da escala menor somado à alguns acidentes, obtidas através de posições específicas no dedilhado. O instrumento tem sonoridade peculiar, quando os dedos de ambas as mãos fazem a mesma sequência de movimentos, é produzida uma textura de 8ªs paralelas. A flauta modelo está afinada na escala de sol menor, os quatro orifícios de cada tubo reproduzem primordialmente a escala pentatônica. Se destaca a sonoridade extremamente aguda do tubo de menor tamanho, cuja altura corresponde às notas mais agudas do flautim.






Mafuma
Flauta quadrupla de bambu e cabaça 
com dois tubos para dedilhado dispostos em 3ªs  e outros dois na função de baixo fixo.










ouça:


Mafuma

Instrumento criado por Daniel Menighin a partir do bambu e da cabaça. Produz uma sonoridade polifônica, ou seja, vários sons simultâneos. Seu nome "Mafuma", é a contração de "Maria Fumaça" e se dá em homenagem à buzina do trem a vapor  típico das Minas Gerais.
Os primeiros exemplares foram feitos em dupla, cada um com uma configuração diferente, em termos
de disposição das notas, a fim de juntas, produzirem um grande bloco polifônico.


aceito encomendas, unidade ou dupla (1ª e 2ª voz)
solicite seu orçamento.





Flauta Baixo Exclusiva Kaypora

Flauta Curva desenvolvida por Daniel e Fábio Menighin, apresenta sonoridade grave e profunda e conta com 9 orifícios que permitem a execução de uma escala semi-cromática (com os intervalos respectivos aos modos maior e menor da fundamental D3). É uma flauta baixo, cujo sistema de sopro se assemelha ao da Mama Quena (andina)  e Dong Xiao (chinesa). Ainda não foi "batizada", por isso,  fica "flauta curva" por enquanto (curva esta, que viabiliza a execução do instrumento, uma vez que as dimensões do tubo inteiriço supera 120cm). 




Ouça:






Double Octave

Este modelo de flauta dupla é afinado em escala pentatônica embora permita a execução da escala menor completa e mais alguns cromatismos. Os tubos estão dispostos em intervalo de 8ª.




Ocarinas duplas de bambu 

Este modelo experimental foi desenvolvido por Daniel Menighin e consiste em duas ocarinas
dispostas entre si  em intervalo de 5ªs paralelas, afinadas em escala pentatônica menor.
 As duas ocarinas, por sua vez, são acopladas a um aeroduto também de bambu,
que possibilita que o sopro passe através de ambas.



Pinkillados







 Pinkillado com bocal de cabaça


O Pinkillado é uma flauta dupla criada por Daniel Menighin feita de Bambu. Os modelos atuais são acoplados em uma cabaça que funciona como bocal.
Este instrumento consiste na combinação de duas flautas de harmônicos com três orifícios cada, 
 dispostas entre si normalmente em intervalos de 4ªs ou 5ªs justas. Cada flauta alcança a tessitura de uma oitava e, executadas juntas, com a mesma movimentação dos dedos em cada mão, produz uma textura peculiar, com movimento harmônico paralelo.   
Sua sonoridade nos remete ao som das 
Pinkilladas andinas, daí a origem do nome. 
Um segundo modelo de Pinkillado apresenta a disposição harmônica em intervalos de 3ªs diatônicas, 
seu sistema de produção sonora permite o alcance de uma oitava
em ambos os tubos.


Pinkillado G - 4ªs paralelas



Pinkillado C - 3ªs diatônicas

Pinkillado-C 3ªs diatônicas

Ocarinas de Cabaça subgrave

As ocarinas são instrumentos milenares, encontradas em diversas culturas, principalmente entre os maias e chineses. São confeccionadas geralmente em cerâmica, mas também se encontram ocarinas feitas em madeira e materiais sintéticos. Esta ocarina de cabaça criada por Daniel Menighin, apresenta grande peculiaridade proporcionada por seu tamanho "exagerado". Produz um timbre suave e extremamente grave como as notas de um contrabaixo.
Este instrumento não está disponível para venda.


C/ decoração artística
Criação de Daniel Menighin
Decoração de Jennifer Nadalin

  
(ouvir em fone de ouvido ou em amplificador que suporte a frequências sonoras subgraves).



Paimu
Consiste em duas ocarinas de cabaça, ligadas a um aeroduto também do mesmo material, embora de espécie diferente. A cabaça respectiva ao aeroduto possui forma de chifre e traz ao instrumento um visual ainda mais exótico. As duas ocarinas, de forma arredondada, possuem um timbre grave e profundo e estão dispostas entre si em uma harmonia típica dos duetos cantados na tradição da música sertaneja de raiz. É um instrumento bem brasileiro em seu conjunto som e forma. 

 Ocarina dupla de cabaça 
Criação de Daniel Menighin.
Decoração de Jennifer Nadalin



Ocarina Dupla - bambu e cabaça
C/ decoração artística
Criação de Daniel Menighin
Decoração de Jennifer Nadalin




 Ocarinas de Cerâmica 
Criação de Fábio Menighin.




Membranofone

Instrumento criado por Daniel Menighin a partir de materiais de construção e utilidade doméstica, 
sua sonoridade remete ao som de uma gaita de fole.
Não disponível para venda.





2 comentários:

Eduarda disse...

Oii,
belissimo trabalho (:
Como faz pra comprar a ocarina de cabaça? quanto custa?
Obrigada!!

Daniel Menighin disse...

Olá Eduarda, entre em contato conosco em Kaypora@hotmail.com
Obrigado!